A importância da Transformação Cultural

Se você trabalha em uma organização, você deve ter ouvido recentemente o termo Transformação Cultural.

Embora seja um tópico relativamente antigo, ainda parece haver muita confusão sobre se é apenas mais uma tendência fugaz ou uma estratégia específica que aumenta o desempenho nas organizações.

Mas o que é Transformação Cultural?

A cultura é uma réplica dos valores, crenças e comportamentos de um grupo de pessoas; que determina sua “personalidade”. É quem eles são, o que eles representam. É o que os define e o que os distingue de outras organizações.

Essa definição nos diz três coisas essenciais e interconectadas sobre cultura:

  • Facebook
  • Google+
  • LinkedIn

Em suma, envolve as pessoas – como elas pensam, o que pensam; e como elas agem depois de analisar todas essas coisas. Um exemplo disso é como os trabalhadores lidam com um cliente; desde a primeira vez que o cliente faz contato com eles até o final da transação.

A cultura se desenvolve ao longo do tempo, e se fortalece à medida que práticas e ideias são trocadas de pessoa para pessoa até que eventualmente se tornem parte da organização. Uma vez que a cultura esteja enraizada, pode ser algo muito poderoso, e isso pode ser difícil de mudar.

Transformar uma cultura enraizada é um grande desafio, mas isso não quer dizer que seja impossível. Para Daniel de Carvalho Luz, especialista em Transformação Cultural na Universo Corporativo, uma quarta e muito importante coisa sobre a cultura está ligada a personalidade dos funcionários – isso significa simplesmente que ela pode ser mudada. Afinal, a personalidade pode ser alterada.

Transformar a cultura de uma empresa nunca é fácil e, como é uma força tão poderosa, ela tem um traço universal: quanto mais uma cultura precisa mudar, mais provável é que ela resista à mudança.

A transformação cultural começa com a transformação pessoal dos líderes. Organizações não se transformam. Pessoas a fazem.

Para mudar sua cultura com sucesso, você não apenas precisa mudar os comportamentos e valores dos líderes atuais, mas também precisa mudar o legado organizacional dos líderes anteriores (os valores e crenças embutidos nas políticas, sistemas e estruturas da organização), conclui Luz.

O ponto de virada em sua iniciativa de mudança de cultura é começar descobrindo o que está funcionando na empresa e o que não está. Isso envolve a realização de uma avaliação de cultura organizacional, que pode incluir a determinação de níveis de honestidade, integridade, responsabilidade, trabalho em equipe, compartilhamento de informações, entre muitos outros.

Os resultados encontrados na avaliação de valores culturais darão à sua organização um roteiro para transformação e permitirão identificar os principais indicadores de desempenho, por exemplo, a pontuação da entropia cultural. o alinhamento dos níveis de valores e os indicadores de valor mais cruciais.

Para transformar a cultura em sua organização, você precisará fazer mudanças em dois níveis principais: no nível da empresa como um todo; e o nível de equipes, unidades e departamentos. Isso será feito trabalhando com líderes nas várias unidades para reduzir o nível de entropia cultural (disfunção) que está na organização.

Gostou do artigo? Gostaria de iniciar uma mudança cultural na sua organização? Entre em contato em obtenha uma avaliação de Cultura Organizacional gratuitamente.

Por: Sonia R. Ribeiro

Destaques da Revista, Insights, Posts da Revista, Transformação Cultural
Inscreva-se!
ASSINAR

Fique por dentro do mundo corporativo!

Assine nossa Newsletter e receba as novidades sobre o Universo Corporativo.
close-link